DUPLO EM PORTUGAL PARA OURLUIS AULAR DEL CAJA RURAL- SEGUROS RGA

Orluis-Aular-doblete-en-Portugal-ciclismo

A primeira vitória da temporada da Caja Rural-Seguros RGA surgiu na Clássica da Arrábida, graças a um esforço coletivo da equipa, rematada pelo venezuelano Orluis Aular, repetindo o primeiro lugar na edição de 2022.

O início do dia foi comandado por três corredores que colocaram as demais equipes nas cordas, criando uma vantagem de quase três minutos. Isto continuou até os últimos setenta quilômetros da linha de chegada, onde começaram os esforços finais. Quando a bandeira dos últimos dez foi cruzada, tanto Jon Barrenetxea quanto Giovanni Carboni (EKP) lançaram um ataque que colocou o pelotão em xeque em busca da vitória. A tentativa não foi recompensada, pois a poucos metros da linha de chegada foram absorvidos. Foi o momento de Orluis Aular, que aproveitou a sua velocidade máxima para vencer Alex Jaime (EKP) na meta.

Orluis Aular: «Estamos muito felizes por conseguir esta vitória da equipa aqui na Arrábida. É uma corrida em que sou muito bom, embora o circuito este ano tenha sido diferente. Viemos com uma grande equipe, fizemos um ótimo trabalho desde o início. Quando você trabalha assim, os resultados vêm. O objetivo era vencer para levantar o ânimo, é uma motivação muito grande para a equipe. “Queremos dedicar a vitória ao Sergio, para que ele se recupere bem e possamos vê-lo conosco em breve”.

A sequência da equipa Caja Rural-Seguros RGA não terminou aí, já que sete dias depois o jovem venezuelano fechou a semana como líder da Volta ao Alentejo. Triunfo que veio acompanhado da camisa verde pela consistência ao longo da volta.

Com o objetivo de conseguir a camisa de líder para Orluis , toda a equipe da Caja Rural-Seguros RGA saiu para manter os dez segundos de vantagem conquistados. Isso não foi difícil para Aular, pois ele não apenas o manteve, mas também o aumentou em um segundo a mais ao passar por um dos gols voadores.

Realizando uma corrida excepcional e bloqueando todos os ataques dos adversários, a equipe se preparou para o sprint final. Orluis correu para a linha de chegada com todas as forças, mas Leángel Linarez acabou ultrapassando-o, terminando na segunda posição.

Ainda assim, graças a todo o esforço realizado durante as cinco etapas, sagrou-se bicampeão, obtendo pelo segundo ano consecutivo a camisola de líder na Volta ao Alentejo .

Orluis Aular: “Estou muito feliz e grato pelo trabalho de toda a equipe e staff do início ao fim. A recompensa é muito boa, levamos para casa esta vitória repetindo o que conseguimos no ano passado (Arrábida e Alentejo), e dá-nos muita confiança para o resto da época. A etapa de ontem foi o momento decisivo, com muitas montanhas, mas a equipe confiou totalmente em mim e me ajudou durante os cinco dias. “Gosto de correr em Portugal e porque não tentar repetir a terceira vitória no próximo ano.”

Artigos mais interessantes:

O SCOTT CALA BANDIDA ENFRENTA O CAPE EPIC 2023


Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos

Este site está protegido pela Política de privacidade da reCAPTCHA e da Google e aplicam-se os Termos de serviço das mesmas.